O processo de alfabetização não é fácil e requer muito trabalho e empenho de todos os envolvidos. Ele engloba muitos aspectos que dizem respeito não só a maturidade cognitiva, mas também à maturidade emocional do(a) aluno(a), sendo um aspecto que se iniciou anos antes do 1º ano e não terminará completamente nesta série e a participação da família, durante esse período, é fundamental.

Em todo o processo de alfabetização, é muito importante que sejam propiciadas situações em família com o objetivo de que a criança leia e escreva, independente das tarefas enviadas pela escola.

A organização do ensino fundamental divide-o, na prática, em dois ciclos. O primeiro que corresponde aos primeiros cinco anos (chamados anos iniciais do ensino fundamental) é desenvolvido, usualmente, em classes com um único professor regente. O segundo ciclo corresponde aos anos finais, nos quais o trabalho pedagógico é desenvolvido por uma equipe de professores especialistas em diferentes disciplinas. Essa forma de organização do ensino fundamental remonta à antiga divisão do ensino primário em relação ao primeiro ciclo do ensino secundário (ginasial).

Ao entrar no Ensino Médio, é importante que o aluno aprenda a relacionar seus conhecimentos e a resolver questões de temas variados.

Esse aprendizado multidisciplinar é prioridade no Colégio Miguel Couto, pois faz parte dos grandes vestibulares.

A excelência no ensino, os professores bem preparados e uma estrutura que atende a todas as necessidades dos jovens, resulta no amplo ingresso de alunos nas melhores universidades do país.

O Colégio Miguel Couto, além das atividades curriculares formais que trabalham os eixos cognitivos e desenvolvem as competências e habilidades, adota uma política de pedagogia de projetos, com a finalidade de aprimorar, ainda mais, o universo cultural dos seus alunos.

Facebook

Twitter